Castanhal terá Condomínio Industrial a partir de 2021

Foto: Giovanni Pantoja/ASCOM CODEC

Após mais de 30 anos, o Pará voltará a investir na oferta de áreas para a instalação de indústrias no território estadual, priorizando o desenvolvimento da economia e impactando diretamente a geração de emprego e renda no Estado. Nesta quinta-feira (8), a Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (Codec), órgão responsável pela gestão dos Distritos Industriais estaduais, recebeu oficialmente a titularidade de uma área de 143 hectares que será destinada à instalação do Condomínio Industrial de Castanhal, o quinto Distrito Industrial paraense e primeiro em mais de 30 anos no Estado.

O ato de transferência da propriedade, que pertencia à prefeitura de Castanhal, reuniu o titular da Codec, Lutfala Bitar, a diretoria executiva do órgão estadual, e os secretários municipais Fátima Mariano (Indústria, Comércio e Serviços) e Edir Marques (Habitação), além do assessor da prefeitura, Evandro Portela.

Maquete eletrônica de como ficará o empreendimento

Localizada no km 04 da PA 136, a Rodovia Castanhal-Inhangapi, a área de implantação do Condomínio Industrial da cidade modelo prevê a oferta de 118 lotes para atividades industriais nas áreas de construção civil, alimentos, logística, comércio e serviços, minerais não metálicos, bioindústria e agroindústria e poderá, ainda, abranger outros setores. A estimativa é de que a instalação do Condomínio Industrial resulte na geração de 9,9 mil empregos diretos e indiretos, com projeções de movimentação de R$ 1 bilhão por ano na economia paraense, a pleno emprego.

Lutfala Bitar, presidente da Codec, comemorou a transferência da área e ressaltou a importância do momento para a economia estadual.

“Esta data fica marcada como um momento muito importante para todos nós, pois significa a retomada de uma das vertentes da nossa política industrial que é a implantação das áreas industriais incentivadas, algo essencial para o desenvolvimento da nossa economia e que trará inúmeros benefícios para a população”, destacou Lutfala.

Maquete eletrônica de como ficará o empreendimento

Fátima Mariano, titular da pasta de indústria da prefeitura de Castanhal, ressaltou o significado do momento para a cidade modelo. “Hoje é um dia muito importante para a prefeitura, para os secretários envolvidos neste processo e, principalmente, para todos os Castanhalenses. Procuramos a Codec em razão da sua expertise na gestão de distritos industriais então, hoje, já com a área nas mãos do Estado, temos certeza de que o Condomínio Industrial impactará positivamente a economia, algo que já vemos sinalizado com a manifestação de mais de 30 investidores que já demonstram interesse em investir na nossa cidade”, adiantou.

Segundo o diretor de Estratégia e Relações Institucionais da Codec, Pádua Rodrigues, a instalação do polo industrial trará impactos significativos para a logística de toda a região. “O fácil acesso de Castanhal à Alça Viária, com destino a Barcarena, que é o grande polo industrial do Estado do Pará, facilitará o melhor fluxo da produção nessa região, que envolve também os Distritos Industriais de Belém (em Icoaraci) e de Ananindeua. Além disso, as indústrias instaladas no Condomínio também deverão beneficiar-se da proximidade com a área portuária de Inhangapi, facilitando o escoamento da produção, e também de projetos maiores, como o da Ferrovia do Pará, por exemplo”, ressaltou.

Próximas etapas – Com o recebimento da propriedade, as próximas etapas para a implantação serão o lançamento da licitação dos projetos de engenharia e arquitetura e o licenciamento ambiental da área, com previsão de início das obras para agosto de 2021.

Por Igor Nascimento

Foto: Giovanni Pantoja/ASCOM CODEC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.