Codec atende e orienta investidores em feira de mineração

Com o foco em trazer novos investimentos para o Estado e desenvolver a economia paraense, a Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (Codec) realiza atendimentos a grandes e importantes empresas ligadas ao setor mineral na 17ª Exposição Internacional de Mineração (Exposibram), que iniciou no último dia 18, em Belo Horizonte (MG). Realizado pelo pelo Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram), o evento é uma importante vitrine que reúne Estados e empresas em torno da geração e promoção de grandes negócios no país.

“Temos aqui uma importante via de contato com empresas que visitam nosso estande, inclusive já com alguns atendimentos agendados no Pará para o próximo mês. O interesse forte nas nossas potencialidades e querem conhecer mais de perto as oportunidades de investimentos”, informou a diretora de Novos Negócios da Codec, Lucélia Guedes.

O presidente da Codec, Olavo das Neves, ressalta que a política mineral é pauta de discussão permanente no Pará, especialmente porque a desoneração das exportações representa perdas sensíveis ao povo paraense. “Como resposta, precisamos trabalhar em frentes como esta, com foco na verticalização do que é produzido no Pará”, definiu.

“Com os grandes projetos em curso, surgem também muitas oportunidades para empresas que têm interesse no Estado. Aqui, estamos fazendo o primeiro contato e agendando visitas com o intuito de que essas empresas estabeleçam negócios e incentivem compras e, com isso, a geração de mais emprego e renda no Pará”, detalhou.

Além dos representantes da Codec, também integram a comitiva paraense o secretário adjunto da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), Eduardo Leão, acompanhado de técnicos da Diretoria de Mineração da secretaria; o diretor do Programa Pará 2030, Alex Moreira; representantes da Federação das Indústrias do Pará (Fiepa), do Polo Joalheiro, entre outros.

Por Igor Nascimento

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.