Feira "Pará Negócios 2022" tem a proposta de estimular o empreendedorismo, estreitar as relações e gerar oportunidades entre empresários, fornecedores e consumidores finais, agregando empresas e profissionais

Desenvolvimento econômico e ações do Governo são destaque na “Pará Negócios 2022”

Evento é considerado um dos maiores do segmento do Norte do país e chega à 9ª edição com forte participação do Governo do Estado

Feira "Pará Negócios 2022" tem a proposta de estimular o empreendedorismo, estreitar as relações e gerar oportunidades entre empresários, fornecedores e consumidores finais, agregando empresas e profissionais
Feira “Pará Negócios 2022” tem a proposta de estimular o empreendedorismo, estreitar as relações e gerar oportunidades entre empresários, fornecedores e consumidores finais, agregando empresas e profissionais

Estado da Região Norte que mais gera empregos, com 48 mil novos postos de trabalho com carteira assinada registrados somente em outubro de 2022, segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese/PA), o Estado do Pará vem avançando com uma agenda de estímulo à geração de emprego e renda, a partir da melhoria do ambiente de negócios observada nos últimos anos, graças ao trabalho de atração de investimentos e fomento à economia promovido pelo Governo do Pará.

Para reforçar as bases desse trabalho e ampliar a visibilidade das ações do Executivo, o Governo marcará presença na “Pará Negócios 2022”, uma das maiores feiras do segmento do Norte do país, neste sábado (3) e domingo (4), no Hangar, em Belém. A feira é conta com o apoio das Secretarias de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), de Administração Penitenciária (Seap) e de Ciência, Tecnologia, Educação Profissional e Tecnológica (Sectet), além da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (Codec), e Parque de Ciência e Tecnologia (PCT Guamá).

Em sua 9ª edição, alguns dos objetivos do evento, promovido pela Associação Comercial do Pará (ACP), são estimular o empreendedorismo, estreitar as relações e gerar oportunidades entre empresários, fornecedores e consumidores finais, agregando empresas e profissionais.

Indústria e atração de negócios – Para divulgar suas ações neste cenário de busca constante pela dinamização da economia, por meio da atração e facilitação da implantação de empreendimentos no Estado, a Codec irá promover, no dia 3, a partir das 17h, a palestra “Perspectivas de Desenvolvimento Econômico no Estado do Pará”, em que irá apresentar os principais projetos em curso no âmbito do Executivo Estadual, atualmente, na área industrial, entre eles a implantação dos Distritos Industriais de Castanhal, do Marajó (em Breves), São João de Pirabas e de Santarém, além da Zona de Processamento de Exportações (ZPE), em Barcarena.  

“A Codec tem a missão de desenvolver a economia do Pará e está se empenhando em fazer isso através dos Distritos Industriais, que serão importantes para que tenhamos a verticalização da nossa produção, gerando benefícios para a população, como emprego e renda. Com a efetivação desses projetos, o Governo do Estado, através da Codec, sem dúvida, irá modificar a vida de muitos paraenses”, complementa o presidente da Codec, Lutfala Bitar. 

Reinserção social – A Seap fará parte da programação demonstrando a reinserção social de forma geral apresentando todas as possibilidades da reinserção com foco na prospecção de negócios que possam utilizar a mão-de obra dos apenados, gerando renda para os internos que já participam de algum projeto dentro da Secretaria.

Projetos como da Secretaria, como o “Escritório Social” e a Zona Econômica de Produções e Serviços no Complexo Penitenciário de Santa Izabel do Pará terão destaque no evento. A Cooperativa Social de Trabalho Arte Feminina Empreendedora (Coostafe), formada por mulheres custodiadas e referência no empreendedorismo feminino, também estará presente. 

Tecnologia e startups – O Parque de Ciência e Tecnologia (PCT Guamá) oferecerá aos participantes um espaço para exposições, mentorias e consultorias de empresas, startups e laboratórios instalados no Parque. Veja a programação:

Dia 3, sábado

9h às 12h – Mentoria de Diagnóstico de Prontidão Inicial – Júlia Souza (PEIEX);

14h às 17h – Mentoria de Diagnóstico de Prontidão Inicial – Monique Takashima (PEIEX);

17h às 19h – Mentoria de Diagnóstico de Prontidão Inicial – Márcia Teixeira (PEIEX);

20h às 21h30 – Mentoria de Controle de Qualidade de produtos amazônicos e degustação – Jesus Nazareno Silva de Souza (CVACBA).

Dia 4, domingo

9h às10h – Mentoria em tributação para abertura de pequenos negócios – Márcia Athayde (Perfil);

9h às 12h – Mentoria tecnologia supercrítica e serviços – Raul Nunes de Carvalho Junior e Cinhtya Elen Pereira do Nascimento (Labtecs/UFPA);

13h às 16h – Mentoria de Diagnóstico de Prontidão Inicial – Rita Ferreira (PEIEX);

17h às 19h30 – Mentoria de Controle de Qualidade de produtos amazônicos e degustação – Ananda LeHalle (CVACBA).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.