Festival Internacional do Chocolate e Cacau da Amazônia e Flor Pará 2019 são lançados no São José Liberto

O VI Festival Internacional do Chocolate e Cacau da Amazônia e Flor Pará 2019, promovidos pela Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap) e Secretaria de Estado e Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme) com o apoio de parceiros, foi lançado oficialmente na noite da quinta-feira (22), durante cerimônia no Espaço São José Liberto, no bairro do Jurunas, em Belém. Os convidados puderam ter uma prévia do que será o evento, programado para o Hangar – Centro de Convenções, no período de 19 a 22 de setembro. 

A coordenadora do Programa de Floricultura da Sedap, Dulcimar Silva, agradece a parceria com a Sedeme e reitera que os minifestivais que vem acontecendo mensalmente são uma grande oportunidade para os produtores de todas as cadeias de mostrar seus produtos e vendê-los para à população.

Marcos Lessa, coordenador do Chocolat 2019, agradeceu ao governo do Pará e as secretarias pela parceria e disse que graças aos esforços conjuntos, a amêndoa foi premiada como a melhor do mundo.  “Foram criadas 12 marcas de origem no país, na última década. O cacau é protagonista”, comentou.

Finalizando a cerimônia, Hugo Suenaga, secretário da Sedap, elogiou o trabalho integrado, com parcerias para alavancar o desenvolvimento do setor cacaueiro e destacou que o fruto é uma forma de geração de emprego e renda tão importante como o açaí, o cupuaçu e a palma. “Fazemos um evento grandioso para mostrar a nossa potencialidade de flores e chocolates para todo o estado do Pará e para o Brasil”, destacou. 

O secretário da Sedeme, Iran Lima, comentou que a grande estrela desse evento é o cacau e as flores, parabenizou as equipes pela grande capacidade de produção no país e frisou que temos a expertise necessária. “O Pará pode ser um grande celeiro do cacau mundial e ter um desenvolvimento melhor para os paraenses”, disse.

Com o tema “Encantos de Origem e Biodiversidade” o festival promete seduzir e conscientizar o público com irresistíveis chocolates, flores tropicais e ornamentais, além de joias artesanais, promovendo o estímulo das cadeias produtivas. Durante a cerimônia, houve degustação de chocolates de empresas e de bombomzeiras que estarão no Hangar em setembro.  

O evento conta com apoio das Secretarias de Turismo (Setur) e de Cultura (Secult), Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (Codec), Secretaria de Esportes e Lazer (Seel), Fundação Cultural do Estado do Pará (FCP), Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará), InvestPará, Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Banpará, Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), Universidade da Amazônia (Unama), Federação Da Agricultura e Pecuária Do Pará (Faepa), Federação das Indústrias do Estado do Pará (Fiepa) e Associação Brasileira de Bares e Restaurantes PA (Abrasel).

Por Camila Botelho – Ascom Sedap

Últimas Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *