Pará e Suzano avançam em parceria para manutenção de 800 empregos e doação de máscaras e respiradores

Estado vai receber oito respiradores e 20 mil máscaras hospitalares da empresa

Foto: Bruno Cecim / Ag.Pará

Em videoconferência realizada na tarde desta quarta-feira (08), o governador Helder Barbalho e o presidente da Suzano, Walter Schalka, negociaram a manutenção de 800 empregos da indústria no Estado. Diante dos desafios socioeconômicos impostos pela pandemia do novo coronavírus, a empresa irá auxiliar os funcionários com o adiantamento da primeira parcela do 13º salário. A Suzano também irá doar ao Estado oito respiradores e 20 mil máscaras hospitalares (N95).

Na oportunidade, Helder Barbalho explicou que o Poder Executivo Estadual está dialogando com as empresas de grande porte que atuam no Estado para unir esforços no enfrentamento da pandemia de covid-19.

“Parabenizo a companhia pela responsabilidade neste momento desafiador para o país. Este é um posicionamento importante com as pessoas e não apenas com a lucratividade em sua operação”, agradeceu Helder Barbalho.

Recentemente, o governador fez uma articulação parecida com a Buritirama Mineração mantendo de 3,5 mil empregos, diretos e indiretos; com a Natura, mantendo empregos de 715 funcionários e a relação comercial com as mais de 1,6 mil famílias fornecedoras de insumos.

Foto: Bruno Cecim / Ag.Pará

A Suzano

A empresa brasileira Suzano Papel e Celulose é a maior produtora global de celulose de eucalipto e uma das 10 maiores de celulose de mercado, além de ser líder mundial no mercado de papel, com cerca de 60 marcas em quatro linhas: cutsize, revestidos, não revestidos e papel-cartão. No Pará, recentemente a Suzano comprou o o capital social da Fábrica de Papel da Amazônia (Facepa) por R$ 310 milhões .

A Facepa produz e comercializa uma vasta gama de produtos de papel, inclusive toalhas de papel, guardanapos, fraldas, papel higiênico e lenços de papel sob diversas marcas, com forte presença nesse segmento no Norte e Nordeste do Brasil. A Facepa conta com fábricas localizadas em Belém, no Pará, e Fortaleza, no Ceará. A empresa possui capacidade instalada total de aproximadamente 50 mil toneladas por ano.

Por Leonardo Nunes (SECOM)

Últimas Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.