Governo propõe diálogo com empresas para viabilizar melhorias nos Distritos Industriais do Pará

“Estamos aqui para ouvir, oferecer suporte e implementar as melhorias necessárias em diversos aspectos nas áreas dos Distritos Industriais do Pará”, informou o presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará, Lutfala Bitar, nesta quinta-feira (28), durante visita ao Distrito Industrial de Icoaraci, pertencente a Belém. Em Icoaraci foi realizada a primeira de uma série de incursões que a gestão da Companhia de Desenvolvimento Econômico (Codec) está promovendo nos quatro Distritos Industriais instalados no Pará, nos municípios de Ananindeua, Marabá, Barcarena e Belém.

A iniciativa, segundo o diretor de Estratégia e Relações Institucionais da Codec, Pádua Rodrigues, visa integrar a nova gestão à realidade dos Distritos Industriais. “As visitas devem permitir à nova gestão da Codec uma visão da realidade das áreas e contribuir para uma atuação integrada, tanto com as empresas instaladas quanto com as diretrizes da Sedeme (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia), e do Governo do Estado”, explicou o diretor.

Em funcionamento desde os anos 1980, o Distrito Industrial de Icoaraci ocupa uma área de 204 hectares, às margens do Rio Maguari, com acesso pela estrada da Maracacuera, a cerca de 10 km do centro de Belém. Sob a administração da Codec, os lotes dos Distritos Industriais são comercializados a preços subsidiados e muito inferiores aos praticados no mercado, com o objetivo de fomentar as atividades industriais e contribuir para a geração de emprego e renda no Estado.

No entanto, de acordo com o presidente da Associação das Empresas do Distrito Industrial de Icoaraci, Antônio Pagliari, atualmente a área precisa de diversas melhorias, especialmente em seu acesso viário, que necessita ser integrado ao sistema BRT (Bus Rapid Transit), da Prefeitura de Belém, além de melhorias na coleta de lixo e na rede de iluminação pública.

Articulação – “Vamos colaborar com as empresas para viabilizar todas essas melhorias, estabelecendo uma parceria e articulando com a Prefeitura de Belém para que possamos avançar nesses aspectos e atender ao nosso objetivo, que também é atrair novas empresas para essas áreas, inclusive por determinação do governador Helder Barbalho”, afirmou Lutfala Bitar.

Além dos atuais distritos, que reúnem cerca de 300 empresas registradas na Codec, a nova gestão da Companhia considera importante não apenas a manutenção do que já existe, mas também a implantação de novas áreas.

Por isso, em parceria com as prefeituras locais, a Codec já possui projetos para implantação de novas áreas dedicadas a atividades industriais em vários municípios, como Marituba, Castanhal, Breves, Tucuruí e Santarém, e discute a viabilidade dessas implantações com representantes das prefeituras.

Últimas Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.