Rodada de Negócios reúne empresários no PCT Guamá

A promoção das atividades voltadas para exportação no Pará foi o objetivo de uma rodada de negócios que ocorreu na última terça-feira, 5, no Espaço Inovação do Parque de Ciência e Tecnologia do Guamá, em Belém. O evento, que contou com a presença de instituições governamentais como a Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (Codec) e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), também reuniu empresários e investidores que, no mesmo espaço, expuseram seus produtos, serviços e buscaram informações de promoção às exportações junto às instituições governamentais presentes em uma oportunidade inédita e que foi promovida pelo Programa de Qualificação para Exportação (Peiex) – Núcleo Belém.

Além de reunir empresas públicas e privadas de diversos segmentos, o encontro  seguiu o modelo de rodada de negócios, em que as empresas têm alguns minutos para apresentar seus produtos e serviços a cada rodada. “Este modelo de evento é importante porque facilita a interação dos participantes com todas as empresas presentes”, explicou o assessor de Novos Investimentos da Codec, Jerry Orlet.

Na visão da Companhia, a ação representa uma grande oportunidade de promover negócios e movimentar a economia de maneira criativa. “Conseguimos atender os representantes das empresas e logo percebemos oportunidades de mediar contatos entre empresas locais e de fora que têm interesse em fazer novos negócios”, disse o gerente de Novos Negócios da Codec, Augusto Cesar.

Para além da interação entre os participantes, a iniciativa também aproxima micro e pequenas empresas ao comércio internacional. “O objetivo central é facilitar o aumento das exportações no Pará por meio da aproximação entre empresas e comerciais exportadoras”, ressaltou Giselle Amaral, monitora do Peiex em Belém. Ela também explicou que o papel da organização é estimular a competitividade e promover a cultura exportadora nas empresas.

“Em meio a aproximação entre essas empresas, os empresários também estão conhecendo os serviços voltados para exportação e incentivo a novos negócios que são oferecidos pelas entidades do governo aqui presentes como Sedeme, Codec, Correios (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos) e Banco da Amazônia. Esse apoio é uma necessidade recorrente e que, muitas vezes, os micro e pequenos empresários desconhecem”, disse Amaral.  

E foi com foco no papel de criar condições institucionais, legais e propícias ao crescimento econômico e atração de mais empresas para o Estado, que Sedeme também esteve no evento. “Este é um dos papéis primordiais do governo do Estado e aqui nessa rodada de negócios com foco no comércio exterior, nós percebemos o grande interesse pelos mecanismos que estamos desenvolvendo no Pará com o objetivo de aumentar a produção, emprego e renda”, esclareceu Sérgio Menezes, da Sedeme.

Juntos, Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e Programa de Qualificação para Exportação (Peiex) formam a tríade de fomento ao comércio e exportações no país. Em Belém, o Peiex funciona em uma das salas do PCT Guamá – instituição pioneira na Amazônia e que estimula o empreendedorismo inovador, a prestação de serviços e a transferência de tecnologia para o desenvolvimento de produtos e serviços de maior valor agregado e fortemente competitivos.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.